MENU
2014-f1-18-brasil-DOM-hamilton

9 de novembro de 2014 - 20:28F1

GP de casa (12)

INTERLAGOS | Menos sete pontos, e agora Lewis Hamilton precisa ser no mínimo segundo se quiser garantir o título do Mundial de Pilotos de 2014 sem depender do resultado de Nico Rosberg no GP de Abu Dhabi.

Mais uma vez, ele errou em uma disputa de título em Interlagos. Rodou enquanto tentava forçar na pista para se aproximar de Nico Rosberg, que acabara de fazer um pit-stop. Fez a volta mais rápida da prova até então, mas, para isso, exigiu demais dos pneus e se viu completamente sem aderência.

Incrivelmente, Hamilton foi rápido até rodando. A diferença que era de 1s009 na volta 25, antes do pit de Rosberg, subiu para 7s460. Nem houve chance para que Massa se aproximasse.

Depois disso, o inglês foi descontando a diferença pouco a pouco. Precisou de 24 voltas para fazer as coisas voltarem a ser como antes. Dali em diante, passou a pressionar Rosberg, que se defendeu com maestria. Não fosse o erro, Hamilton venceria? Talvez, mas Rosberg garante que tudo o que fez a partir daquele momento foi administrar a vantagem.

Mas Rosberg não foi o único piloto com nome de campeão da década de 1980 com quem ele teve de lidar. Nelson Piquet fez uma aparição bem ao seu estilo no pódio.

Convidado para fazer as entrevistas pós-GP, Nelsão disse que tinha inveja de Hamilton pela pilotagem e especialmente pela namorada, Nicole. Onde ela está? “Em casa”, respondeu Lewis, que não gostou muito da brincadeira.

O inglês pareceu ter se divertido mais foi com outra galhofa, a de Felipe Massa na entrevista coletiva da FIA, quando o brasileiro sugeriu que Hamilton e Rosberg fossem morar juntos após término da temporada. “Vocês gastariam muito menos dinheiro morando juntos, então é fácil”, exclamou o piloto da Williams. Hamilton riu enquanto Rosberg não entrou tanto na brincadeira.

Meu palpite: Hamilton continua sendo favorito e, principalmente, mais merecedor do título por ter vencido o dobro de GPs. O erro deste domingo realmente pode ser explicado por uma questão técnica e não por um nervosismo ou uma fraqueza.

Para quem vai minha torcida? Para que a regra da pontuação dobrada não tenha influência na definição do campeão.

O relato do domingo de Nico Rosberg está no blog da Evelyn Guimarães.

1 comentário

  1. Arthur disse:

    Acho que Lewis arriscou tudo na única chance de ultrapassagem sem o risco de acontecer o mesmo que Spa, basta ver os tempos de volta alucinantes no momento da parada do Rosberg, não acho que foi um “erro bobo” como citou Flávio Gomes. Fora isso, correu com cabeça para não jogar tudo fora…apenas mostrou que era muito mais rápido que o Nico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>