MENU
2012 Spanish Grand Prix - Sunday

4 de fevereiro de 2016 - 13:13F1

Primeira e única

SÃO PAULO | Pastor Maldonado, vencedor de um grande prêmio na carreira, está fora da F1. O que me fez pensar sobre quais são os outros pilotos que venceram, a exemplo do venezuelano, apenas uma prova de F1 na vida. Descontando aqueles que ganharam apenas as 500 Milhas de Indianápolis, a lista é a seguinte (e se você quer ver algumas imagens antigas, os links são para vídeos de cada uma destas corridas):

  1. Luigi Fagioli – GP da França de 1951 (guiou 24 voltas e entregou o carro para Juan Manuel Fangio)
  2. Piero Taruffi – GP da Suíça de 1952
  3. Luigi Musso – GP da Argentina de 1956 (guiou 30 voltas e entregou o carro para Juan Manuel Fangio)
  4. Jo Bonnier – GP da Holanda de 1959
  5. Giancarlo Baghetti – GP da França de 1961
  6. Innes Ireland – GP dos Estados Unidos de 1961
  7. Lorenzo Bandini – GP da Áustria de 1964
  8. Richie Ginther – GP do México de 1965 (1ª vitória da Honda)
  9. Ludovico Scarfiotti – GP da Itália de 1966
  10. Peter Gethin – GP da Itália de 1971 (chegada mais apertada)
  11. François Cevert – GP dos Estados Unidos de 1971
  12. Jean-Pierre Beltoise – GP de Mônaco de 1972
  13. José Carlos Pace – GP do Brasil de 1975 (narração de Luciano do Valle!)
  14. Jochen Mass – GP da Espanha de 1975 (tragédia de Montjuïc)
  15. Vittorio Brambilla – GP da Áustria de 1975
  16. Gunnar Nilsson – GP da Bélgica de 1977
  17. Alessandro Nannini – GP do Japão de 1989
  18. Jean Alesi – GP do Canadá de 1995
  19. Olivier Panis – GP de Mônaco de 1996
  20. Jarno Trulli – GP de Mônaco de 2004
  21. Robert Kubica – GP do Canadá de 2008
  22. Heikki Kovalainen – GP da Hungria de 2008
  23. Pastor Maldonado – GP da Espanha de 2012

Chamou-me a atenção o fato de a década de 1980 ter apenas um piloto com apenas uma vitória. O que explicar? Imagino que o fato de ter sido a época em que o piloto mais fez a diferença. Antes, por exemplo, os carros quebravam muito e favoreciam algumas surpresas. Nos anos 1980, ainda que os carros quebrassem, o grid tinha muitos pilotos bons, e só quem era bom mesmo conseguia aproveitar as chances. E, de lá para cá, carros têm feito mais a diferença. Nem sei se faz sentido ou não, mas foi o que pensei aqui.

E, convenhamos, tem gente pior que o Maldonado nessa lista. Bem pior.

2 comentários

  1. Paulo Pinto disse:

    A primeira vitória a gente nunca esquece. Principalmente se for única…

  2. Paulo Pinto disse:

    A primeira vitória a gente nunca esquece. Principalmente se for única…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>